15 de maio de 2011

COMO ADMINISTRAR AS DIFICULDADES MOTORAS NA DOENÇA DE PARKINSON-MANTENDO SUA INDEPENDÊNCIA

Há uma série de coisas que o doente de Parkinson pode fazer para ajudar a manter sua independência .Apesar das dificuldades, é muito importante que o parkinsoniano tente executar a maior parte das tarefas sem auxílio, desde que isso não acarrete risco de acidentes. Algumas tarefas pode levar mais tempo do que o usual e seu familiar pode pode sentir-se tentado a ajudá-lo a completá-las. Essa atitude dve ser evitada, pois pode levar a um maior grau de dependência para as atividades de rotina.
A atividade física é de grande importânca para auxiliá-lo a contornar as dificuldades na execução de algumas tarefas, melhorando a flexibilidade, a força muscular, o equilíbrio, o condicionamento cardiovascular e, consequentemente, a qualidade de vida deste doente com parkinson.
Boa parte dos exercícios pode ser executada em casa, de forma que o parkinsoniano facilmente poderá incorporá-las à sua rotina diária.

Algumas orientações a serem seguidas pelos parkinsonianos ao realizarem alguma atividade física ou atividade de vida diária:
  • Evite fazer as coisas com pressa.
  • Reserve um tempo adequado para todas as suas atividades, incluindo a alimentação e higiene pessoal.
  • Observe em qual horário do dia você se sente melhor e reserve este horário para as tarefas mas trabalhosas.
  • Evite andar em pisos escorregadios, podendo acarretar o risco de quedas.
  • Utilizar tapetes de borracha ( banheiro e cozinha) e de adesivos antiderrapantes, com isso diminui o risco de acidentes.
  • Evite o uso de passadeiras.
  • Utilização de luzes noturnas ou sensores que acendem a luz quando detectam movimentos podem ser instalados nos corredores e banheiros para evitar acidentes nestes ambientes da casa.
  • Procure ter uma luminária ao lado da cama, ao alcance da mão.
  • Redistribua a mobília de sua casa de forma a evitar obstáculos nas areas de maior circulação.
  • Na medida do possível, utilize cadeiras com assentos firmes, encosto reto e apoios laterais, os quais auxiliam na hora de se levantar.
  • Coloque os objetos que mais utiliza ( roupas e utensílios domésticos) em locais de fácil acesso.
  • No banheiro, a instalação de barras de ferro junto ao chuveiro e ao vaso sanitário auxiliam pacientes com dificuldades no equilíbrio e na locomoção.
  • Aumentar a espessura do cabo de talheres, escovas e pentes pode auxiliar em seu manejo.
  • A utilização de canecas com alças grandes de amobs os lados auxiliam naqueles casos em que o tremor leva ao derramamento de líquidos.
  • Pratos fundos também auxiliam na alimentação.
  • Para facilitar o movimento de levantar e deitar na cama, ela deve ter uma altura ideal, de forma que, quando sentado à sua beira, você consiga apoiar completamente seus pés no chão.
IMPORTANTE: Os exercícios e outras atividades de vida diária sempre devem ser realizados sob orientação de um profissional habilitado.Converse com seu médico e com seu fisioterapeuta para que estabeleçam um programa adequado de atividades para você.