22 de novembro de 2011

CORRELAÇÃO ENTRE O IMPACTO DE CUIDAR E CAPACIDADE FUNCIONAL DE PACIENTES COM DOENÇA DE ALZHEIMER

CORRELAÇÃO ENTRE O IMPACTO DE CUIDAR E CAPACIDADE FUNCIONAL DE PACIENTES COM DOENÇA DE ALZHEIMER


Ana Paula Serra de ARAÚJO;  Raissa Carla Paulino Silva e MOREIRA;  Renata Lu SLABCOUSHI. Correlação entre o impacto de cuidar e capacidade funcional de pacientes com Doença de Alzheimer. Revista Saúde e Pesquisa, Maringá, v. 4, n. 2, p. 177-184, maio/dez. 2011.

ARTIGO DISPONÍVEL EM:


RESUMO: O presente estudo teve por objetivo avaliar o impacto que o déficit da capacidade funcional de pacientes com doença de Alzheimer (DA) pode causar em seus cuidadores, mediante a utilização de um questionário de entrevista elaborado pelas autoras do estudo e composto pelos questionários do multidimensional estado funcional (BOMFAQ) e Zarit. Os resultados obtidos foram analisados e classificados conforme a sua freqüência em percentagem. Após análise dos resultados constatou-se que o nível de sobrecarga e estresse enfrentado pelos 21 (100%) cuidadores participantes do estudo é relativamente baixo e que as maiores dificuldades enfrentadas por estes cuidadores durante a prestação do serviço de cuidador de a um paciente com DA, são o fato não receberem auxilio por parte de familiares dos pacientes com DA ao qual prestam o serviço de cuidador e na hora de darem banho nos pacientes. Concluiu-se com o presente estudo que embora o nível de sobrecarga enfrentado pelos cuidadores participantes do estudo seja relativamente baixo. O nível de estresse desses cuidadores é influenciado o tempo todo por todas as dificuldades enfrentadas pelos pacientes com DA ao qual prestam o serviço de cuidador, bem como pela relação cuidador – paciente, que com o passar do tempo tende a gerar sintomas de sentimentos de sobrecarga e ressentimento que causam um enorme impacto sobre as vidas dos cuidadores.

PALAVRAS-CHAVE: Doença de Alzheimer; Capacidade Funcional; Cuidador.