15 de abril de 2012

CHEGANDO A TERCEIRA IDADE. E AGORA ???



A longevidade é, sem dúvida, um triunfo. Há, no entanto, importantes diferenças entre países desenvolvidos e os países em desenvolvimento. Enquanto, nos primeiros, o envelhecimento ocorre associado às melhorias nas condições gerais de vida, nos outros, esse processo acontece de forma rápida, sem tempo para uma reorganização social e da área de saúde adequada para atender às novas demandas emergentes. Para o ano de 2050, a expectativa no Brasil, bem como em todo o mundo, é de que existirão mais idosos que crianças abaixo de 15 anos, fenômeno esse nunca antes observado.
Existe um mito de que a velhice seja uma etapa de restrições, privações e sofrimentos, o que é uma inverdade, pois os idosos podem gozar de bem estar e saúde até o final da vida; tudo isso vai depender da forma como viveram e como cuidaram de si mesmos ao longo dela. As doenças podem surgir em qualquer fase da vida, o que ocorre nesta fase são algumas limitações que, se bem administradas, não impedem que o idoso tenha uma vida plena, saudável e feliz.
A velhice e o idoso são marcados por muitos preconceitos, estereótipos e mitos. Por um lado, passamos a considerar que se a beleza é um atributo associado ao jovem, o velho só pode ser feio. Vemos o idoso como alguém incapaz de aprender coisas novas, alguém inflexível e que não tem desejo sexual, muitas vezes associado à doença. Por outro lado, às vezes o idoso é visto como uma pessoa intrinsecamente boa e pura. Nada disso é inteiramente verdade.
É preciso ver com naturalidade a velhice e não fugir dela. Faça de seu "outonear" um triunfo e não uma tortura. Consciente desta fase da vida, adeque-se à nova realidade, isto é, conviva com as limitações próprias deste momento e torne, sem dúvida alguma, sua vida mais alegre e saudável. Afinal, as pessoas aposentam-se do trabalho e da profissão, e não da vida.

Veja algumas dicas dos Amigos do Portal Terceira Idade para curtir com pleno vigor essa etapa maravilhosa da vida:

  • Procure fazer algo que dê prazer. Não entre em competições inúteis com ninguém, você só tem o compromisso de vencer a si mesmo.
  • Compartilhe com aqueles ao seu redor a fé em Deus e exercite a oração.
  • Procure sempre apoiar os movimentos de direitos humanos, principalmente, àqueles voltados para os idosos.
  • O ideal é que seus filhos, ao chegarem à maioridade, já não dependam de você. E você, ao chegar à terceira idade ou quarta idade, não dependa deles.
  • Ao chegar à terceira idade, reduza suas atividades de trabalho e aumente, consideravelmente, suas atividades de lazer e sociais.
  • Viaje muito, visite parentes distantes, selecione amigos e procure estar sempre presente em todos os eventos que os envolvam, como casamentos, aniversários e festas de fin de ano.
  • "Ter um milhão de amigos" é um belo refrão de uma das mais conhecidas canções de Roberto Carlos. Meia dúzia de amigos sinceros e companheiros para todas as horas deixam qualquer ser humano extremamente feliz, independentemente, da idade.
  • Tenha sempre uma pequena poupança para alguma emergência, mas não guarde muito dinheiro.Lembre-se: dessa vida não se leva nada, só a lembrança dos amigos e o amor no coração.
  • Cultive a amizade com vizinhos e, se morar em apartamento, cative o porteiro. Eles notarão sua ausência e, se houver laguma necessidade de ajuda, eles estarão sempre dispostos a socorrê-lo (a).
  • Não se queixe de suas dores físicas aos familiares e amigos. Ouvir sobre sua dores é função do médico.
  • Não critique. Procure sanar seus defeitos e imperfeições.
  • E, finalmente, evite a frase que os jovens odeiam: "No meu tempo..." O seu tempo passou, procure viver, hoje, o tempo de todos nós, e com alegria, sorrisos e muito, muito bom humor.

IMPORTANTE: A terceira idade é um novo momento na vida do ser humano: atividades recentes, desafios, mudanças drásticas no cotidiano e algumas limitações.Todas estas situações, se não forem bem ajustadas, podem gerar problemas de convívio e de saúde.