14 de maio de 2016

ATUAÇÃO DA FISIOTERAPIA NA MOBILIDADE DO IDOSO.


                                                 




A mobilidade é um aspecto essencial para a independência nas atividades de vida diária. A capacidade de mudar a posição do corpo, seja de deitado para sentado, levantar-se da cama ou cadeira ou rolar é uma parte fundamental da mobilidade e funcionalidade do idoso.
Para a manutenção da mobilidade em idosos e/ou preservação do prejuízo funcional associado à perda da mobilidade, várias estratégias de tratamento podem ser propostas, dentre elas fortalecimento muscular, exercícios de flexibilidade e propriocepção, além de treinamento de equilíbrio e marcha.
Exercício de fortalecimento muscular de membros inferiores, exercícios de coordenação, de equilíbrio apresentam bons resultados na preservação da perda funcional e incapacidade de mobilidade em idosos.
Portanto, exercícios de flexibilidade muscular, fortalecimento (principalmente da musculatura abdominal e de MMII), estimulação sensorial e, principalmente equilíbrio devem fazer parte das estratégias terapêuticas do fisioterapeuta que trabalha com idosos.

FONTE DE APOIO: ARTIGO: EFEITOS DE EXERCÍCIOS RESISTIDOS, DE EQUILÍBRIO E ALONGAMENTOS SOBRE A MOBILIDADE FUNCIONAL DE IDOSAS COM BAIXA MASSA ÓSSEA- ANO -2012