9 de fevereiro de 2012

TRECHOS - A HISTÓRIA DA DEMÊNCIA

No passado se dizia
Do sujeito adoentado
Que o cristão ficou gagá
Caduco ou esclerosado
Que era coisa de velho
Não era pra ser tratado

Mas demência é doença
Não é coisa que se inventa
Vai chegando devagar
Que o sujeito nem comenta
Quando vê já tá trocando
Nota de cem por cinquenta
(...)
A patroa pela casa
Não lembra de apagar a luz
Esquece feijão no fogo
Faz ganância no cuscuz
Bota sal na goiabada
Perde mais do que produz

Paga conta duas vezes
Ou esquece de pagar
Compra do que não carece
Farinha deixa faltar
Guarda roupa no fogão
Depois não sabe onde está.

Autor: Gutemberg Guerra.