7 de julho de 2013

A ATIVIDADE FÍSICA COMO UMA FERRAMENTA PARA O ENVELHECIMENTO ATIVO.




O envelhecimento normal, não está, necessariamente, relacionado a patologia e incapacidade; entretando, favorece a diminuição da função orgânica, visto que todos os orgãos e sistemas do corpo humano têm suas reservas funcionais diminuídas.
Para se ter um envelhecimento ativo, o idoso necessita aderir a atividade física no seu dia-a-dia.
A prescrição de atividades físicas tem como objetivo potencializar as funções cardiorrespiratórias e musculoesqueléticas, contribuindo assim para a manutenção da capacidade funcional, que é fundamental para o idoso.
Os programas de atividade ou reabilitação física buscam, em geral, um treinamento aeróbico e muscular, com o objetivo de otimizar a capacidade física do idoso visando incrementar a força muscular, o equilíbrio, a fliexibilidade e o desempenho cardiorrespiratório, requisitos essenciais para que o idoso se mantenha ativo, com autonomia e independência.
Portanto, a atividade física é uma ferramente importantíssima para um envelhecimento bem sucedido, por envolver e comprometer, integralmente, aspectos físicos, emocionais e mentais em sua execução.
 
NUNCA É TARDE PARA ADOTAR UM ESTILO DE VIDA SAUDÁVEL.
 
 
 
FONTE: LIVRO: FUNCIONALIDADE E ENVELHECIMENTO- 2011.